MASTER ARTES GRAFICAS - 31 3201-1822

create your own banner at mybannermaker.com!

Jen Smidt – Uma esposa excelente é forjada, não encontrada | Voltemos Ao Evangelho

Jen Smidt – Uma esposa excelente é forjada, não encontrada | Voltemos Ao Evangelho

u frequentemente penso que meu marido não encontrou uma esposa excelente. Quando ele me diz que ultimamente tenho falhado com ele, exagerando nas minhas reações e entrando desnecessariamente em crise, eu me sinto desencorajada com minha falta de excelência. Minha impaciência e desrespeito o têm envergonhado em várias situações.
Meu coração prático e direcionado para a performance tenta se consertar fazendo uma lista: Uma esposa excelente cozinha com comida orgânica (não com gorduras saturadas), costura suas próprias roupas (ou pelo menos passa as camisas do marido!), fala apenas palavras transbordantes de graça (e não com sarcasmo) e lê sua Bíblia por horas a fio (tudo bem, minutos?!).
Essa lista traz mais condenação; evidência concreta de que eu não posso ser uma esposa excelente por minhas próprias forças.

FORJADA, NÃO ENCONTRADA

Embora todos essas coisas possam ser sinais de excelência, elas definitivamente não são exigências. Indo para as Escrituras para ser confortada e convencida, eu sou lembrada: Uma excelente esposa é forjada, não encontrada. Nenhum homem sai para encontrar e casar com uma mulher que é uma pura perfeição de esposa. Na verdade, nenhum homem ainda sabe o que é isso!
“É o caráter de Deus, e não o de nossos maridos, que pode ser plena e firmemente confiado. Nossa identidade central deve estar ancorada somente em Cristo.”
Uma mulher piedosa se torna uma esposa excelente à medida que entende que é feita à imagem de Deus, re-feita à imagem de Cristo, e formada ao longo de uma vida de arrependimento e redenção. A excelência não é medida por uma lista de tarefas; é manifestada na vida de uma esposa que conhece a Jesus intimamente.

TRAZENDO VERGONHA

“Uma esposa excelente é a coroa de seu marido, mas aquela que traz vergonha é como podridão nos seus ossos.” (Provérbios 12.4)
Quando eu humildemente e honestamente penso nas vezes em que eu trago vergonha ao meu marido, a sua destruição me traz à realidade. Se eu trago podridão aos ossos dele, então os meus já estão se desintegrando em falta de fé e amargura. Nós trazemos vergonha como esposas quando nós:
1. Nos focamos no pecado do nosso marido;
2. Pensamos que nosso jeito é o melhor, priorizando a nós mesmas sobre ele;
3. Falamos duramente a ele ou pejorativamente sobre ele com outra pessoa;
4. Negamos benção, oração, sexo ou algum tipo de encorajamento em uma tentativa de punir, manipular, ou “passar uma mensagem”;
A esposa que traz vergonha ao seu marido é a filha que não conhece e confia verdadeiramente no seu Pai Celestial.
Se a identidade da esposa está centrada ao redor do seu homem, ela com certeza lhe dará vergonha quando ele lhe desapontar – o que ele inevitavelmente fará. É o caráter de Deus, e não o de nossos maridos, que pode ser completamente e firmemente confiado. Nossa identidade central deve estar ancorada em Cristo apenas.

FEITA PRECIOSA POR JESUS

Nós somos feitas preciosas por Jesus. Essa transformação do coração é a base para qualquer preciosidade que nosso marido experimente em nós. Não é o que nós fazemos, mas o que nosso precioso Salvador fez por nós que graciosamente nos dá o poder para sermos esposas excelentes. Não temos esperança em nós mesmas.
“A excelência não é medida por uma lista de tarefas; ela é manifesta na vida de uma esposa que conhece Jesus intimamente.”
Uma esposa piedosa entende que ela não é nada fora da graça salvadora de Jesus Cristo e que ela não tem excelência fora dEle. A graça e o amor de Cristo são preciosos para ela. Impulsionada por Suas riquezas, ela se tornará uma gloriosa coroa para seu marido, ajudando, nutrindo e amando-o através das profundezas da justiça de Cristo nela.
É necessária uma cerimônia de 10 minutos para se tornar uma esposa. É necessária toda uma vida para se tornar uma esposa excelente – uma que entenda que o sangue de Cristo derramado na cruz é necessário para que ofereçamos excelências a nossos maridos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário